14 de fevereiro de 2017

Musicoterapia BH em #ritmodeinclusao


A música favorece a liberação de conteúdos internos e facilita a auto-expressão (SILVA Jr, 2008). Estas são necessidades do ser humano, em qualquer etapa da sua vida.

Mas existem um períodos em que esta necessidade pode se tornar emergente, PrIoRiTáRiA, INDOMÁVEL. A adolescência e início da idade adulta por exemplo, quantas novidades e descobertas!

Nestas duas fases da vida  a música “funcionaria como uma nova forma de exteriorização dos sentimentos, como um novo idioma que serviria de veículo para as emoções”(SILVA Jr, 2008).

Os pacientes do espaço Musicoterapia BH que estão nesta etapa da vida usam os instrumentos para se expressar e dando som a TUDO DA VIDA, que muitas vezes a fala não é capaz de expressar. Este turbilhão de emoções da adolescência se tornam ainda mais desafiadores quando existem outras intercorrências associadas, como por exemplo ,alguma questão neurológica ou genética.

Muitos são os instrumentos oferecidos durante os atendimentos de musicoterapia que agradam aos pacientes, porém alguns deles são adorados por nossos jovens. A Batera Pantera, por exemplo, é a queridinha da galera! Este instrumento é usado de forma criativa com todos os pacientes de acordo com a necessidade e demanda terapêutica de cada um.

Alguns dos jovens que passam pelo espaço semanalmente só tocam durante a terapia, outros gostam de levar as baquetas para improvisar em casa, usando as almofadas da sala de visitas para tirar um som... Mas há também alguns jovens que desejam ir mais longe e já fazem planos de tocar em uma Banda!

Musicoterapia BH sempre se preocupou em criar espaços e possibilidades de lazer e confraternização para os jovens e adultos ligados ao trabalho. Desde 2010 realizamos o evento March on Stage que iniciou no Hard Rock Café BH e desde o ano de 2016 acontece no A Autêntica casa de Show.

Em 2017 estamos dando forma ao #ritmodeinclusao , um projeto que visa usar os elementos da percussão para estimular a turma que está mais para a juventude do que para a infância!

Assim é a vida, você deseja e o universo conspira ao seu favor, mais ou menos... Ele conspira para favorecer a realização de desejos pautados no bem! Nós acreditamos na Mente Primordial, que tudo vê e ouve e encaminha parceiros de peso e competência para dar força aos projetos!

Esta parceria se pauta na troca de experiências e ideias com a finalidade de que todos os trabalhos realizados com esta população sejam ampliados a fim de favorecer um maior número de jovens. Aqui registramos que NÃO há qualquer vínculo institucional entre as partes, assim cada um é responsável por seu fazer. Uma coisa é clara, a galera é do time dos que acreditam que: distribuir conhecimento só amplia o patrimônio!


               #ritmodeincluao - uso dos recursos percussivos
          para promover a inclusão, estimulando a aquisição 
          de competências motoras, cognitivas e interpessoais.  

                                    #ritmodeinclusao #musicoterapiabh (participação Glauco Mendes)

                                         #ritmodeinclusao #musicoterapiabh 


                                              #ritmodeinclusao #musicoterapiabh 


                                                                  Parceiros: 
     Glauco Mendes, Simone Presotti e Júnior Cadima,  
           participantesdo Workshop Musicoterapia BH de 11/02/2017 - Recurso Corporais
 Sonoros e Musicais para profissionais da saúde 
e da educação, inscreva-se por AQUI.

Glauco Mendes FACE


Glauco Mendes iniciou sua trajetória na bateria aos 7 anos  improvisando com utensílios domésticos o seu primeiro instrumento. Empenho e força de vontade sempre estiveram presentes no desenvolvimento da sua habilidade artística e musical. 

Na adolescência já realizava trabalhos profissionais na música como baterista. Conquistou repercussão nacional com a banda mineira TIANASTÁCIA, onde gravou 9 discos, 2 dvds e realizou  centenas de shows por todo Brasil durante 18 anos. Gravou ao todo mais de 30 discos e dentre eles de artistas consagrados como Zélia Duncan, Zeca Baleiro, Daniela Mercury, André Valadão, Fernanda Takai e Pato Fu, banda na qual veio a fazer parte em 2014 e realiza shows e gravações atualmente. 

     Musicoterapia BH tem um post sobre uma composição 
 da banda TIANASTÁCIA que faz sucesso 
com os pequenos, confira AQUI


Ao longo de seus 29 anos carreira, Glauco desenvolveu suas Habilidades como professor ensinando de forma exclusiva e pessoal a cada  aluno. Pessoas de variados perfis, profissões e idades, fazem parte da sua grade de alunos. 

Ao notar o potencial de desenvolvimento cognitivo proporcionado pela bateria e instrumentos de percussão, Glauco iniciou turmas infantis na escola Neuza Rocha e pôde aprimorar sua metodologia de ensino trabalhando também de forma inclusiva.

Esta experiência inicial foi a motivação para trabalhar de forma efetiva com esta população, pessoas que apresentam síndromes ou outras intercorrências que tragam prejuízo motor, cognitivo ou de relacionamento entre os demais. Foi assim que iniciou o trabalho com algumas crianças e adolescentes em aulas individuais. Este trabalho alavanca ganhos para além do aprendizado do instrumento e os familiares estão percebendo ganhos importantes em varias áreas da vida destas crianças.

Neste ano de 2017 inicia o projeto #ritmodenclusão com o objetivo de  ampliar sua atuação com esta população que muito vem motivando suas perspectivas profissionais e pessoais. 


Júnior Cadima FACE


Graduado em Pedagogia. Pós Graduado em Psicopedagogia Clínica e Institucional, e em Neurociências aplicada à educação.
É membro do Grupo de Estudos GERMINA - Grupo de Estudos Relacionado à Música, Inclusão, Neurociência e Aprendizagem, orientado pela Professora Viviane Louro – UFPE.
Faz parte do grupo que oferece oficinas de música no Capsi (Sumaré/Sp), por meio de um projeto vinculado com o Instituto de Artes da Unicamp, sendo coordenado pela Professora Adriana Mendes – IA/Unicamp.
Faz parte do grupo de professores da Pós Graduação do IBFE (Instituto Brasileiro de Formação de Educadores), e leciona nos cursos de Psicopedagogia Clínica e Institucional, Arte e Educação e Educação Inclusiva.
Atua como professor de bateria nas escolas de música Drumfeel Music Center e Conservatório Carlos Gomes. Atualmente também desenvolve um trabalho de Inclusão por meio da vivência com a bateria e brincadeiras rítmicas, explorando diversas atividades que estimulem a Psicomotricidade. Esse trabalho é realizado com crianças e jovens na Clínica Inclusione, localizada em Campinas, SP.
A prática da bateria e instrumentos de percussão atuam diretamente em todo sistema Psicomotor da criança, auxiliando no desenvolvimento de importantes aspectos cognitivos, como: atenção, concentração, memória, raciocínio lógico, noção espacial, socialização e afetividade.
Atividades que estimulem o desenvolvimento corporal por meio de movimentos são muito importantes durante a infância e o contato com a música é uma poderosa ferramenta para aquisição das competências motoras infantis. Todos estes aspectos do SER devem ser estimulados durante toda a vida, então adolescentes, jovens, adultos e idosos podem se beneficiar do processo.

 Júnior Cadima visitando o espaço #musicoterapiabh 2017.
 Fez um mega sucesso com os adolescentes, 
em #ritmodeinclusao!


Bibliografia:


SILVA JR., J.D. A utilização da música com objetivos terapêuticos: interfaces com a bioética.  Goiânia, 2008. (Demais dados da bibilografia favor solicitar via e-mail).



Artigos relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Posts Populares

Tecnologia do Blogger.