1 de julho de 2016

Musicoterapia BH - Muitas crianças e adolescentes têm a vida transformada com o ensino de música nas escolas.


                                                   Entrevista Musicoterapia BH 
                                                                 



                                 O que ficou fora da edição e pode te interessar:

1.                       Pergunta:
                   Como é feita a avaliação para saber quem deve ou pode ser 
                    encaminhado para a musicoterapia? 

            Os pais e cuidadores que percebem que a música é um recurso realmente motivador para seu familiar e acreditam que a mesma pode ser usada para potencializar os ganhos deste indivíduo devem procurar por um musicoterapeuta. 
           A avaliação será feita pelo profissional que irá entrevistar os responsáveis, realizar      sessões com o paciente e depois ira apresentar a proposta de tratamento com objetivos a serem alcançados. Estes objetivos são terapêuticos, assim, embora os instrumentos musicais sejam usados durante a sessão, o objetivo não será se tornar um música, mas sim alcançar ganhos motores, cognitivos e interpessoais.
       Posteriormente o musicoterapeuta entra em contato com demais terapeutas e profissionais que acompanham o caso, com a escola no caso das crianças e também equipe médica. 
         Mas muitas vezes são os demais profissionais da área da saúde: neuropediatra, psiquiatra (pediatria ou adulto), fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, dentre outros, orientam a família para buscar o tratamento, eles sabem que a musicoterapia pode ajudar.
                                       
                                                 Uma entrevista completa do Musicoterapia BH:


                             





   

Artigos relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Posts Populares

Tecnologia do Blogger.