20 de setembro de 2010

PROJETO MUSICANDO A ESCOLA - Musicoterapiabh no contexto da educação da Pessoa com Deficiência







O projeto Musicando a Escola surgiu da demanda de mães  que conheceram o trabalho realizado no espaço Musicoterapia BH e solicitaram um projeto que pudesse alcançar os jovens dentro do período escolar no IMEPE.

A escola abraçou com carinho e a parceria Musicoterapias BH e IMEPE é um sucesso!



 Foto na escola - Preparando para a Celebração Especial

Celebração Especial - Musicoterapia BH e IMEPE 2016

 Se a galera gosta? Eles amam!!!!!

Veja mais Fotos do Evento AQUI

Teaser da Celebração Especial 2016! IMEPE e MusicoterapiaBH 


     A Musicoterapia foi apresentada a estas famílias que procuraram levar o projeto para a escoal IMEPE através de Neuropediatras, Psiquiatras infantis , Fonoaudiólogas, Terapeutas Ocupacionais e demais profissionais da saúde e educação que acreditam no trabalho da Musicoterapia realizado tanto em atendimentos individual como em grupo.




Boomwhackers - um recurso lúdico e musical que trabalha a tenção, morticidade e interação!


Após um tempo de parceria neste contexto clínico e sabedoras do benefício que a música estava proporcionando para suas crianças e jovens, estas mães nos solicitaram a implantação de um projeto dentro da escola de seus filhos. 

       Assim em 2007 este grupo de mães se organizou de forma cooperativa para custear a implantação e manutenção do projeto Musicando a Escola, que vem sendo realizado até a presente data.


      Assim o IMEPE - Instituto Mineiro de Educação e Pedagogia, que atua no seguimento da educação de pessoas com necessidades especiais, conta com este diferencial, um trabalho de Musicoterapia no contexto educacional.


Este trabalho tem como objetivo é ampliar a utilização da Música, do ritmo e da expressão corporal durante as atividades escolares, potencializando ganhos nas áreas cognitivas, motoras e relacionais.


A percepção do alto grau de motivação e prazer que a Música proporciona para nossos alunos, por si só, já seria um ótimo motivo para implantação do projeto, mas nossos objetivos vão além, visando potencializar vários aspectos importantes e comuns ao grupo, que descritos abaixo constituem fruto de nossos estudos sobre o tema:

·     Ampliar a percepção do ritmo interno e do ritmo externo dos participantes, a fim de melhorar sua organização espaço temporal.

·         Abrir novos canais de comunicação para os participantes, criando novas formas de expressão para suas emoções e sentimentos. Estes aspectos são de suma importância, principalmente nas patologias onde aparecem distúrbios de linguagem.

·     Trabalhar esquema e imagem corporal através da experimentação sensorial do fazer musical, estimulando a autonomia e reforçando o planejamento para as AVDs.

·       Estimular a atenção (antecipação de movimentos), a memória, o vocabulário e a discriminação dos pares apostos (agudo/grave, forte/fraco e lento/rápido), visando trabalhar a cognição.

·    Proporcionar experiências de improvisação vocal e exploração dos órgãos fono-articulatórios (OFA), visando uma melhora em sua comunicação e a redescoberta dos sons que é capaz de produzir.


TIBÚRCIO, Simone P. Musicoterapia e paralisia cerebral.
 .In: FONSECA, Luiz F, ;LIMA, Cesar L.A.(Org.). Paralisia 
cerebral, neuroligia, ortopediae reabilitação. 2ª Edição.
 MedBook.2008.Pag. 569


Atividades com a Música URSO do CD Pé de Sonho!
Quer receber todas as dicas sobre a atividade?
Solicite AQUI
Saiba mais e compre o CD por AQUI




                                               
           
  Estagiários e parceiros!

O Projeto Musicando a Escola recebe estagiários, tanto na categoria de graduandos, graduados e pós graduados das áreas de interface com o trabalho realizado, sendo as mesmas: Bacharelado em Música, Licenciatura, Musicoterapia, Psicologia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional e Pedagogia.   Estes estudantes e profissionais vivenciam durante este estágio muitas possibilidades de usar a música e seus elementos como forma de potencializar os ganhos junto a esta população, descobrindo maneiras de utilizar estes conhecimentos em suas práticas. Cada um deles compartilham e contribuem, aprendem e ensinam, trazendo para o grupo sua vivencia musical, ampliando cada vez mais o nosso repertório de sons, músicas, relacionamentos e amizade!


     Matéria jornalística onde a Musicoterapeuta Karla Morais,
fala sobre o trabalho que é desenvolvido com as pessoas com Síndrome de Down :           

                                               http://www.youtube.com/watch?v=zmTnSQwi4tE

                                         Se ela toca? Tudo!!!! Tem o famoso "ouvido absoluto"!

  Os alunos do IMEPE nos inspiram a criar muitos
 materiais lúdicos e estratégias de intervenção, 
nós AMAMOS esta galera!

        Alguns dos momentos do projeto Musicando a Escola - IMEPE 
                                     Musicoterapia BH 



                         Jogos Paralímpicos: setembro de 2016


Flashmobinclusivo Musicoterapia BH e Galeria AUT - Junho 2016



           No mês de setembro  de 2011 os pais e alunos da escola IMEPE assistiram com a Musicoterapeuta Simone Presotti  ao show - VAMOS FAZER MÚSICA com maestro Allegro e Trupe Legal!!!  O Projeto Musicando a Escola não podia deixar de apoiar nosso parceiro Paulo Lobão que sempre marca sua presença no March on Stage!

                           Simone e a turma do IMEPE - Tem uma turma aí que já esta enorme!!!


                                            Carnaval - 2014 - Nossa Escola de SAMBA!


                                                             Carnaval - 2014

                                                              March on Stage 2010

                                                               March on Stage 2016


V Encontro de Neuro-Ortopedia e Reabilitação na Infância e Adolescência

Realizado nos dias 16, 17 e 18 de Setembro 2010
Hospital Mater Dei - Belo Horizonte MG


Artigos relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Posts Populares

Tecnologia do Blogger.